Alienação: a consciência infeliz

Não há Deus que exija adoração, o “diabo” exige e anseia por ela, ele quer que o mundo inteiro fique de joelhos diante dele, pessoas aos milhões, em Meca, murmurando para si mesmos em frente ao Muro das Lamentações, cristãos rolando os olhos e gritando Hallelujah, Amém. Foi criada uma grande ilusão, na qual ensina que é necessário estas atitudes para ter contato com o divino, na verdade estão alimentando o que pode ser chamado de “diabo”, simbolicamente. Essas pessoas são tão alienados de si mesmos que parecem ver Deus como uma espécie de tirano super poderoso. Lunático e egoísta. Um Führer, um ditador em um comício de Nuremberg.

Deus existe, não procura adoração e não quer as pessoas de joelhos diante dele, não quer hinos, confissões ou sacramentos, ou ele esta desesperado por uma plateia? Um narcisista que quer sempre estar no centro do palco, no centro das atenções? Cr
istianismo, Judaísmo e Islamismo perderam o rumo, o que é ensinado é apenas uma lavagem cerebral para que seja tudo feito a favor do mal, de uma forma bem mascarada, algumas podem até ensinar o bem, mas por trás do palco a história muda, é triste que tantas pessoas foram enganadas e passaram a acreditar nos absurdos mais fantásticos imagináveis. Os "santos" textos destas religiões são livros de mentiras, são projetados para levar a humanidade mais perto de satanás, o egoísta supremo. Cada passo nessa direção nos afasta mais de Deus.

Deus, longe de ser estranho para nós, longe de ser uma divindade distante, está dentro de todos nós. Nossa missão é encontrá-lo dentro de nós, para liberar a nossa divindade interior, não é mais ninguém que devemos estar adorando, mas nós mesmos. Esse é o grande teste com o qual somos confrontados, nós temos a coragem e conhecimento para olhar para nós mesmos ao invés de outros? Podemos encontrar a nossa centelha divina? O Santo Graal, o mais sagrado e espiritual de todos. A busca do Santo Graal é algo muito difícil.

Tornamo-nos escravos e, em seguida, ficamos maravilhados por nossos mestres. Onde é que nossos mestres nos querem? De joelhos. porque assim não somos ameaça para eles, assim podem nos explorar. Devemos ter vergonha de nós mesmos.

Cristo / Jeová / Yahweh são usados para a cobiça, adoração, para o domínio da Terra. Milhares de escravos de joelhos diante deles. Suas igrejas na terra foram dominadas pela Velha Ordem Mundial.
Temos que criar templos para eles, canonizá-los, adorá-los como heróis, dizemos que são melhores do que nós, que merecem muito mais do que nós, assim nós permitimos que eles colham vastas recompensas para os seus bolsos. Nós não reclamamos, não protestamos, não nos opomos, não fazemos nada. Na verdade, acreditamos que é exatamente isso que eles devem desfrutar muito mais do que o resto de nós. Por quê? Porque nós odiamos a nós mesmos, estamos alienados de nós mesmos, nós existimos em um estado de consciência infeliz, nossa mente está em guerra com ela mesma. Nós projetamos sobre os outros, a divindade, que esta em nós mesmos e, em seguida, nós adoramos os outros.

A Velha Ordem Mundial não são deuses, eles são gananciosos, vaidosos, egoístas, bêbados de amor-próprio.

Bono, vocalista do U2, fez campanhas contra a pobreza pelo mundo, ele é um dos homens mais ricos do planeta, e para que ele possa ter todo esse dinheiro, milhares TEM que ser pobre. Por que ele não faz uma campanha contra si mesmo? Por que nós toleramos esse hipocrisia nojenta?
São Francisco de Assis veio de uma família rica, mas desistiu de tudo o que possuía para seguir sua vocação religiosa, este é um homem que você pode levar a sério, um homem que você pode respeitar, ele não era hipócrita. Ele viveu como um mendigo e protestou contra a riqueza. Ele quase foi excomungado pelo papa por pregar a sua mensagem subversiva que era uma ameaça para a riqueza escandalosa do Vaticano. Se uma pessoa assim levantar-se e fizer uma campanha contra a pobreza, você prestar atenção, mas ninguém em seu perfeito juízo pode acreditar num hipócrita como Bono, ele é típico da Velha Ordem Mundial, ao mesmo tempo que eles estão pegando em nossos bolsos para tirar nosso dinheiro, nós os vemos proclamando, fazendo coisas lindas, maravilhosas, e nos fazem acreditar. Quão estúpido nós somos? Somos estúpidos porque somos auto-alienados, nós detestamos nós mesmos, perdemos todo o senso da centelha divina dentro de nós, estamos afundados no materialismo. Nós somos os perdidos, os condenados, mas não precisa ser assim.

Não adore outros, adore a si mesmo, encontre a sua divindade interior, seja tão grande quanto você pode ser. As pessoas vão parar de adorar Satanás quando verem que nenhum Deus bom iria querer ser adorado. Todos aqueles que exigem que você ajoelhe-se e peça em nome do "Deus" estão te manipulando. Eles são falsos profetas. Deus não precisa de elogios. Quando a Velha Ordem Mundial pedir-lhe para adorá-los, diga não, pare de viver na sombra dos outros. Quando você libertar sua centelha divina, nunca mais vai permanecer no temor de outro.

Se você estiver em dúvida que as religiões convencionais são um meio sinistro de controle da massa, basta olhar para qualquer sessão de oração islâmica. Nas principais mesquitas islâmicas ao redor do mundo você vai ver milhares e milhares de homens barbudos, descalços e vestindo estranhas tampas religiosas, de joelhos, curvando-se, murmurando as palavras do Alcorão que eles foram forçados a memorizar desde os primeiros dias. (Os muçulmanos são obrigados a rezar cinco vezes por dia e tem que acordar no meio da noite para executar uma das suas sessões de oração: perturbação do sono é uma técnica de lavagem cerebral clássica.)

As mulheres muçulmanas não têm permissão para orar com os homens, elas rezam em outros lugares, geralmente atrás de telas e são tipicamente vestidas em longos tecidos negros cobrindo todas as partes de seus corpos. Em muitas, apenas seus olhos são visíveis, é impossível reconhecer uma da outras, essas mulheres são totalmente despersonalizadas, sem uma partícula de individualidade, ela são os apêndices dos homens, a propriedade privada de seus maridos. elas não têm permissão para apertar as mãos de outros homens, ou deixar que outros homens vejam seus cabelos ou faces, em algumas nações, elas são proibidas de dirigir. Não podem nem estar na mesma linha de voto do que os homens. Elas podem ser apedrejada até a morte por cometer adultério, enforcadas por causa de fornicação, elas foram feitas para se sentirem como os leprosas. São totalmente alienadas de seus corpos, aparência, individualidade, no entanto, você vai ouvi-las afirmando que são mais livres e melhores do que as mulheres ocidentais ... tal é a extensão da lavagem cerebral a que foram submetidas implacavelmente. Quando os escravos proclamam a escravidão ao invés da liberdade, você pode ter certeza que o controle que se exerce sobre eles é absoluto.

Não iluda-se, religião convencional é de cerca uma única coisa: o controle. Todas as cerimônias da religião dominante são projetadas para forçá-lo a ficar de joelhos, para compeli-lo em posturas de submissão. eles quebram a sua vontade, criam escravos e fantoches da Velha Ordem Mundial. A religião é uma arma de guerra psicológica, habilmente exercida pelos senhores da Velha Ordem.
Um homem de joelhos não pode lutar, pode não resistir.

Nietzsche descreveu o cristianismo como uma "moral de escravos". Isso é exatamente o que é, você precisa ser um escravo para entrar no cristianismo, islamismo ou judaísmo. A palavra "muçulmano" significa "aquele que se submete". Você poderia muito bem ter tatuado "escravo" em sua testa. Nações islâmicas têm-se revelado para trás em comparação com as nações ocidentais. Por quê? Porque a sua ideologia de submissão remove a liderança, individualidade e criatividade necessárias para o progresso. O Islã não é diferente do comunismo, uma ideologia que destruiu o progresso e criatividade, fazendo com que todos sejam dependentes do estado. Submissão é anátema. Mesmo no Ocidente, existe submissão demais, escravos demais.
Imagine um mundo cheio de meritocratas - empreendedores elevados atingindo o seu pleno potencial - ao invés de um mundo de escravos governados por uma elite rica e privilegiada, um grupo de mestres corruptos indigna - a Velha Ordem Mundial. Que grandeza poderia alcançar tal mundo? A humanidade tem apenas arranhado a superfície do seu potencial, somente quando nós erradicarmos a escravidão em todas as suas muitas manifestações poderemos avançar para o próximo nível.

A 6.000 pessoas que dirigem a Velha Ordem Mundial agradecem a cada dia que tantos bilhões de pessoas caíram no truque mais velho do livro - a ideia de que se você vira escravo de "Deus", de alguma forma irá ser “libertado”, “Salvo”. Eles vão te dizer que você tem liberado se do pecado, medo e morte ... o próprio Satanás. A verdade é o oposto. Vocês abraçaram o credo de Satanás. Você fez em si mesmo os mortos vivos.Pense dos fanáticos muçulmanos que orgulhosamente proclamam, "Nós amamos a morte mais do que você amamos a vida." O que é isto se não o evangelho da morte, destruição, ódio, suicídio e loucura? E essas pessoas consideram-se boas, saudáveis, seres humanos, merecedores de ser acolhidos na presença de Deus! Qual Deus iria querer tais seguidores? Essas pessoas estão doentes, a mão de Satanás agarra os seus corações.

Quando você ajoelhar-se, está admitindo que você é escravo, sem autorrespeito. Na Grã-Bretanha, as pessoas ajoelham-se para uma mulher ridícula que é permitido rotular-se de "Rainha" e chefe da Igreja da Inglaterra, como se ela fosse uma grande figura religiosa. Ninguém na Grã-Bretanha é um cidadão. Todos eles são "sujeitos" da rainha. Eles poderiam muito bem ser chamado de escravos porque é isso que eles são. A Rainha é uma das figuras centrais da Velha Ordem Mundial. Nenhuma pessoa na Grã-Bretanha pode ser considerada livre até que a monarquia seja abolida e que a nação vire uma república.

É hora de acabar com a Velha Ordem Mundial. É hora de virar as costas a monarcas, papas, presidentes, celebridades, empresários gananciosos. É hora de acabar com o culto de Satanás. É tempo para a era da meritocracia. O novo amanhecer está chegando. Os Illuminati são a luz na escuridão. Vamos orientá-lo para encontrar a sua própria luz interior. Não caia na armadilha de pensar que somos salvadores. A única pessoa que pode te salvar é você mesmo. Levante-se. Orgulhe-se. Você pode enfrentar qualquer desafio. Faça o mundo inteiro ver a luz da centelha divina dentro de você.

Qual é o ensinamento central da Iluminação? Encontrar Deus dentro de si mesmo, onde mais ele deveria estar? Podemos ser nós mesmos deuses se tivermos coragem, podemos nos unir a Deus, sua mão estende-se para nós. Temos força, imaginação e ousadia para compreendê-lo? Ou será que caímos na ilusão, com medo disso e daquilo, e continuaremos adorando Satanás? Muçulmanos, cristãos e judeus são condenados, não caia na sua cova de desespero, seu evangelho de auto-ódio. Eles sempre perseguiram os Illuminati. Nós não temos nenhum desejo de persegui-los. Queremos salvá-los de si mesmos, para acabar com a alienação da vida. Torne-se um com você mesmo. Abrace a Iluminação, para que você possa pela primeira vez em sua vida, ver a luz.

Aqui está a sabedoria antiga dos Illuminati, é a prova que, até muito recentemente, foi usada para determinar quem estava pronto para se juntar aos Illuminati. Qualquer pessoa que se aproximou de nós com a resposta certa foi admitida na primeira fase do procedimento para se tornar um membro dos Illuminati.


A pergunta era esta ...

O que estamos nos tornando?

E a resposta ...

... A Luz de Deus.


Você esta pronto para tornar-se um só com Deus? Você nunca conseguirá se estiver de joelhos.






Fontes: Armageddon Conspiracy, Gnose.


by Pax Deum

3 comentários:

  1. Olá Pax, meu nome é Charles. E olhando o seu trabalho no site, achei muita coisa interessante antiteses a nossa politica e religião atual. Eu apenas gostaria de propor uma nova interpretação desses textos. Creio eu, com toda a integridade intelectual que, o termo de definição "Deus" para esclarecer nosso próprio eu (que de fato, é o subconciente), não seria muito próprio. Como lido neste texto, "Deus" não almeja nada além de vossa felicidade - se este "Deus" existisse. Eu não sou ateu, cristão e não faço parte de qualquer outra religião. Eu sou um discipúlo fiél do Iluminismo, Racionalismo e Humanismo. O termo melhor para especificar este eu abordado, seria "essência divina"? Eu gostei bastante dessa visão neoiluminista (Iluminismo do século XXI), mas como aqui está dito o Iluminismo como algo espiritual. - achei muito decepcionante. Algo que poderiamos achar espiritual e minha interpretação neofilosofica de naturismo. Dentre os casos... "charliemjolnir@hotmail.com", entre em contanto comigo.

    ResponderExcluir
  2. Estou entusiasmado com sua exposição do ponto de vista religioso , vou ler e reler seu. Texto e refletir muito a respeito,não quero mais jogar minha vida fora , só tenho no momento a agradecer

    ResponderExcluir
  3. Eu já fui freqüentador da igreja católica,evangélica e espirita, há seis anos não vou a nenhuma. Agora achei muitas respostas ao ler sobre alguns temas do seu blog. Fé,ciência,racionalidade e autoconhecimento = Evolução!
    Obrigado amigo. E conte comigo para somar.
    Entre em contato digofc21@hotmail.com

    ResponderExcluir