Carta aberta ao mundo

Open Letter to the World 

Carta aberta ao mundo





Estamos diante de um momento único na nossa história, a ascensão da internet e da informática têm contribuído para uma taxa sem precedentes de prosperidade para o Primeiro Mundo.

Nós criamos para nós mesmos e para o império que é contrário de qualquer outro, uma rede global de comércio e comunicação constante, uma nova era de avanço tecnológico. Percorremos um longo caminho desde as nossas raízes humildes na Revolução Industrial e os dias do Destino Manifesto.  Estamos agora pioneiros em novas fronteiras digitais expandindo nosso domínio do mundo quântico para os confins do espaço.

E ainda, o império enfrenta uma crise, uma recessão global, a crescente pobreza, a violência desenfreada, a corrupção na política, e as ameaças à liberdade pessoal. Como era antes, em outros momentos de crise, as velhas histórias começaram a se repetir.  As meias verdades, desta vez repetiram na noite de notícias a cabo e ecoou através de uma série de vídeos para a internet: o império é forte, a mudança é imprudente, negócios é a resposta. Em tempos de incerteza, há aqueles que procuram aumentar a confusão, de rapina sobre nossas inseguranças e medos. Aqueles que pretendem manter-nos divididos para seu próprio ganho. A estratégia abrangente assume muitas formas muito convincentes: liberais e conservadores, cristãos e muçulmanos,preto e branco, salvação e pecador.

Mas algo inesperado está acontecendo. Começamos a dizer uns aos outros as nossas próprias histórias. Compartilhando nossas vidas, nossas esperanças, nossos sonhos, nossos demônios. Todos os dias, em todas as horas da noite os detalhes arenosos da vida na Terra estão fluindo ao redor do mundo. Como vemos as vidas dos outros jogados fora em nossas salas de estar, estamos começando a compreender as conseqüências de nossas ações e o erro das velhas maneiras. Nós estamos questionando os velhos pressupostos de que somos feitos para consumir não criar, que o mundo foi feito para a nossa colheita, que as guerras são inevitáveis, que a pobreza é inevitável. Porque nós aprendemos mais sobre a nossa comunidade global, uma verdade fundamental foi redescoberta: Nós não somos tão diferentes como pode parecer. Todo ser humano tem pontos fortes, fraquezas e emoções profundas. Ansiamos por amor, amor, risadas, medo de ser sozinho e do sonho para uma vida melhor.

Você deve criar uma vida melhor.


Você não pode sentar no sofá assistindo televisão ou jogando videogames, à espera de uma revolução. Você é a revolução. Toda vez que você decidir não exercer os seus direitos, cada vez que você se recusa a ouvir outro ponto de vista, cada vez que você ignora o mundo à sua volta, cada vez que você gasta um dólar em um negócio que não paga um salário justo você está contribuindo para a opressão do corpo humano e para a repressão da mente humana. Você tem uma escolha, uma opção a tomar, o caminho fácil, o caminho familiar que já conhecemos, para andar de boa vontade em sua própria submissão,ou uma outra escolha, se levantar, sair e conversar com seu vizinho, a se unirem em novos fóruns para criar mudanças, com duração significativas para a raça humana.

Este é o nosso desafio:

Uma revolução pacífica, uma revolução de idéias, uma revolução da criação. O Iluminismo do século XXI. Um movimento global para criar uma nova era de tolerância e compreensão, empatia e respeito. Uma época de desenvolvimento tecnológico sem restrições. Uma idade de compartilhamento de idéias e cooperação. Uma idade de expressão artística e pessoal. Podemos optar por utilizar as novas tecnologias para uma mudança positiva radical ou deixá-la ser usada contra nós. Podemos optar por manter a internet livre, manter canais de comunicação abertos e cavar novos túneis para aqueles lugares onde a informação ainda está guardada. Ou podemos deixar tudo próximo ao nosso redor. À medida que avançamos no novo mundo digital, temos de reconhecer a necessidade de uma informação honesta e de livre expressão. Temos de lutar para manter a abertura da Internet como um mercado de idéias, onde todos estão sentados como iguais. Temos de defender a nossa liberdade daqueles que procuram controlar-nos. Temos de lutar por aqueles que ainda não têm uma voz. Continue contando sua história. Todos devem ser ouvidos.

Fonte parceria: https://the-movement.info/joomla
Tradução: Pax Deum

Nenhum comentário:

Postar um comentário